quarta-feira, 25 de maio de 2016

Forum "QUE CONTENDA NO FUTURO?"



sexta-feira, 6 de maio de 2016

X FORUM DA ESCOLA NACIONAL DE CAÇA, PESCA E BIODIVERSIDADE


V Salão de Caça e Pesca de Moura



quinta-feira, 17 de março de 2016

SEGUROS DE CAÇA - CAÇADORES - ARMAS



 
Caça

Sendo os momentos de lazer em família ou com
os amigos para ser vividos e recordados,
descubra já as soluções que temos para si!
 
 
 
Caçador

Pratique o seu desporto favorito, enquanto o

Lusitania Caçador
prevê os imprevistos que possam acontecer

no local e durante a caça!
 
 
 
 
RC Montarias, Largadas e Batidas
 
Sendo a segurança dos participantes fundamental sabia que,
para a realização de um evento desta natureza, é obrigatória,
por lei, a existência de um
seguro de responsabilidade civil?
 
 
 
 
Portador de Armas

O Lusitania Portadores de Armas é um seguro obrigatório por lei que lhe permite obter ou renovar a sua licença de uso e porte de arma ou sua detenção, salvaguardando os danos corporais e/ou materiais causados a terceiros pelo seu uso ou manuseamento indevido.

 

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Alteração de Livrete para as Armas de Caça Grossa

 
 


Escrito por FENCAÇA   
Segunda, 06 Julho 2015 09:32
 
Foi publicada a Portaria nº 192/2015, de 29/6 que impõe aos titulares de Livrete de Manifesto de Arma classificadas e registadas como de “Caça Grossa” a sua substituição por novos, porque os mesmos deverão mencionar “ Classe C”.
Os livretes deverão ser substituídos aquando da Renovação da Licença de Uso e Porte de Arma (LUPA) ou até 31/12/2016, consoante a data que ocorrer primeiro.
O possuidor dessas armas, desde que legalmente habilitados, podem transitoriamente (até às referidas datas) utilizá-las na prática do acto venatório.
Os caçadores que voluntariamente pretendam proceder à substituição dos Livretes, poderão fazê-lo quando o entenderem, sem necessidade de esperar pela verificação das datas referidas.
Em resumo: O Ministério da Administração Interna reclassificou as Armas aquando da publicação da Lei 5/2006, em 23 de Fevereiro. Nove anos depois, decide impor a substituição dos Livretes porque entendeu  reclassificar as armas, sem tão pouco ter auscultar os visados. Impõe os titulares desses Livretes se desloquem à PSP, na posse da(s) arma(s) e procedam ao pagamento de 23,75€ pela alteração de cada Livrete. Onde consta Caça Grossa, deverá constar Classe C.
Os caçadores que forem objeto de fiscalização e se encontrem a utilizar carabinas em acto de caça, na posse de Livrete que a classifique como Arma de Caça Grossa, incorrem numa infracção punida com coima de 400,00€ a 4.000,00€, sendo as armas apreendidas.
A FENCAÇA manifestou-se contrária a esta alteração junto do Ministério da Administração Interna por a considerar abusiva, ilógica e tecnicamente incorrecta a interpretação que, nove anos depois, a PSP resolve dar à Lei 5/2006. Esta interpretação não acarreta qualquer mais valia a não ser a “criação de uma nova taxa e na ameaça de aplicação de coimas exorbitantes a quem ouse insurgir-se contra.
Estas medidas, infelizmente inserida num vasto conjunto, são reveladoras do desconhecimento e desrespeito que os Ministérios da Agricultura e da Administração Interna têm revelado pelo sector cinegético. De forma sistemática têm expoliado os caçadores e aumentado a burocracia. Esquecendo que este colectivo, ordeiro e respeitador, criou uma actividade económica sem apoios e que anualmente muito contribui para os cofres do Estado.
Ironicamente, estes dirigentes nomeados e largas centenas de funcionários públicos assumidamente anti caça que trabalham nestes dois Ministérios, de tudo fazem para aniquilar o sector cinegético. Infelizmente esquecem-se que são os caçadores que lhes pagam as regalias, os passeios, os vencimentos…
FENCAÇA
(Julho 2015)